29 de agosto de 2014

Projeto de Lei quer garantir a presença da doula nas maternidades de BH



A ONG Bem Nascer participará da Audiência Pública na Câmara Municipal de Belo Horizonte (no Plenário Juscelino Kubitschek - Av dos Andradas, 3100, Santa Efigênia), dia 2 de setembro, às 13h50,  que discutirá a Lei nº 810/2013 que permite a presença das doulas nas maternidades, casas de parto e hospitais de Belo Horizonte. A instituição será representada  na mesa redonda pela doula e psicóloga Daphne Paiva Bergo. 

Segundo Daphne, "essa discussão é necessária para se garantir a presença de doula de livre escolha da gestante durante o trabalho de parto, parto e pós parto,  sem que aja necessidade de escolha entre doula e acompanhante (companheiro, familiar ou amigo) e sem cobrança de taxa adicional". Algumas maternidades limitam a entrada da doula alegando que só permitirem a entrada de UM acompanhante ou cobrando taxa extra (R$150,00).

"Nem toda mulher precisa de doula para ter um bom parto mas esse direito não pode ser negado àquelas que escolhem ter esse acompanhamento no momento mágico e emocionalmente delicado que é o nascimento de um filho", afirmou.

A ONG Bem Nascer convida amigos, simpatizantes, usuários e militantes pela humanização do nascimento a participarem da audiência.


Daphne  Bergo doulando Renato Rocha

Nenhum comentário: